Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

engitech@oceanthemes.net

+1 -800-456-478-23

Segurança da Informação

A eficiência do gerenciamento de incidentes de segurança passa pelo monitoramento

Basicamente, o gerenciamento de incidentes de cibersegurança é um grupo de serviços pelos quais uma empresa monitora e responde a eventos não esperados ou interrupções de serviços essenciais ao seu negócio em decorrência de ciberataques.

A gravidade dos incidentes de segurança pode diversificar amplamente, variando tanto de uma falha geral em um serviço global até a indisponibilidade de um pequeno número de usuários, ou até mesmo um único usuário, experimentando uma instabilidade de forma isolada.

Na prática, incidentes de segurança são eventos que além de gerar prejuízos financeiros deixam usuários ou clientes frustrados, irritados, isolados e improdutivos, e geralmente resultam, no mínimo, em comentários expressando grande insatisfação com a empresa.

Portanto, faz todo sentido que o gerenciamento relacionado ao cibercrime seja eficiente e bem executado.

Estamos em 2021 e estamos muito além da tradicional resposta utilizada por “antigas” empresas que relatavam “instabilidade nos sistemas”. O gerenciamento moderno de incidentes de segurança vem para atender a demanda da transformação digital dos atuais negócios altamente conectados.

Para atender as novas expectativas dos clientes, as empresas precisam de métodos confiáveis ​​para monitorar, identificar e priorizar incidentes de segurança, visando restaurar as operações de forma eficaz

Um eficiente programa de gerenciamento de incidentes de cibersegurança é baseado essencialmente em um processo consistente e repetível que permite que os times de segurança de TI monitorem, reconheçam, respondam e tratem de eventos prejudiciais às operações de negócio.

Seja qual for a estrutura que sua empresa escolha, há uma série de etapas envolvidas no processo de monitoramento e gerenciamento de incidentes de cibersegurança que tenha não apenas o objetivo de levá-lo do evento à resolução, mas também de garantir que todo o processo resulte no melhor resultado possível para sua operação de serviço. Essas etapas incluem:

  1. Monitoramento: identificação, detecção e notificação de um incidente de cibersegurança.
  2. Documentação: captura de informações associadas ao incidente de segurança, incluindo horário, local, dados de desempenho e quaisquer informações relevantes.
  3. Categorização: uma classificação do evento, como dispositivo, serviço, localização, etc. Pode haver várias categorias associadas a um único incidente.
  4. Priorização: dependendo da categoria e do impacto na disponibilidade do serviço, o evento é avaliado e identificado para garantir que receba a atenção adequada.
  5. Resposta: dependendo de sua categoria e prioridade, o incidente de segurança é atribuído ao pessoal apropriado.
  6. Diagnóstico: com base nos dados disponíveis e investigação subsequente, é feita a causa e a melhor abordagem para corrigir a vulnerabilidade.
  7. Escalonamento: visto que o incidente foi diagnosticado, pode ser necessário reatribuir uma equipe diferente ou trazer novos ativos para lidar com o problema de forma rápida e eficaz.
  8. Resolução: corrigir a causa de um cibercrime é apenas parte do processo. A resolução do incidente requer o teste do sistema ou serviço associado para garantir que ele possa retornar à operação total.

Embora essas estruturas sejam críticas e sigam uma progressão lógica, elas foram desenvolvidas anos atrás, quando as redes corporativas eram mais simples e as equipes de operações de TI estavam focadas em manter um número gerenciável de dispositivos e produtos de software que não mudava com muita frequência.

Atualmente, temos uma história diferente. As configurações de infraestrutura tecnológica das empresas, mesmo para organizações consideradas modestas, são complexas, orientadas por software, distribuídas nas instalações locais e na nuvem, e mudam a cada momento à medida que serviços, máquinas virtuais, instâncias de computação e dispositivos móveis aparecem e desaparecem da rede.

A importância crítica do monitoramento de incidentes de cibersegurança

O monitoramento de incidentes de cibersegurança é a primeira parte de qualquer processo de gerenciamento de ataques e roubo de dados. Ele basicamente identifica problemas no sistema, verificando sua real existência junto aos usuários finais e sua criticidade.

Assim que um problema é identificado, um incidente é criado e, dependendo do seu impacto, os membros da equipe de cibersegurança, operações ou suporte são notificados.

Sem uma abordagem eficiente de monitoramento e resposta a incidentes, as empresas ficam mais vulneráveis ​​a paralisações ainda mais críticas. O Gartner estima o impacto do tempo de inatividade nos negócios em torno de $5.600 por minuto, o que se multiplica para mais de $300.000 por hora.

O impacto de um incidente de segurança não precisa ser global para causar sérios danos a um negócio. Pequenas interrupções, de curta duração, por exemplo, podem afetar apenas uma parte do site ou usuários em uma área geografia específica, podendo prejudicar as vendas, frustrar os clientes e atrasar importantes projetos.

Imagine, por exemplo, o impacto para uma empresa de comércio eletrônico no meio de uma operação de Black Friday, percebendo algum tipo de indisponibilidade de serviço, ataque cibernético ou qualquer outro problema que impeça a venda de seus produtos. Embora alguns incidentes possam não derrubar uma empresa, ele certamente prejudicará os números da receita mensal.

Se você está fornecendo serviços e soluções 24 horas, 7 dias por semana, 365 dias por ano, e deseja permanecer no negócio, é fundamental controlar o monitoramento e a resposta a incidentes de cibersegurança para limitar o tempo de inatividade e interrupções para os clientes.

O problema é que você não pode esperar que seus funcionários trabalhem 24 horas e suportem ferramentas ineficazes e processos defeituosos para conseguir isso.

Para ajudar nesse desafio, conte com a ajuda dos especialistas da Protega Security Consulting. Apoiamos centenas de empresas que mantêm os seus sistemas e dados seguros e sempre disponíveis. Entre em contato conosco e conheça nossos serviços.

Autor

Protega