Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

engitech@oceanthemes.net

+1 -800-456-478-23

Blog Migração

Está utilizando ativadores de licença? Você pode estar em risco!

Hoje em dia é prática comum o uso de aplicativos de produtividade nas empresas, como editores de texto, planilhas e apresentações. Apesar de existirem no mercado diversas ferramentas gratuitas, a maioria das pessoas prefere utilizar os programas mais conhecidos como os da Microsoft: Word, Excel e Powerpoint e o sistema operacional Windows. Isso acontece por causa da facilidade de uso ou talvez por não conhecer outros produtos semelhantes.
Mas, nem todos os programas que existem no mercado são gratuitos. Para utilizar tanto os softwares de produtividade como outros produtos é necessário adquirir o software, ou pagar uma assinatura mensal/anual.
São nessas situações que existe perigo: muitas vezes os usuários não querem, não têm condições de pagar ou contratam pessoas terceiras para instalação e configuração dos seus equipamentos e assim recorrem a ativadores de licença, utilizando, como expressão conhecida pela maioria das pessoas: “programas piratas”. Mas é preciso ficar atento ao tipo de arquivo que você executa no seu computador.
Neste caso, vamos exemplificar com os produtos Microsoft:
O Key Management Service (KMS) é usado para ativar produtos Microsoft nos computadores usando um Serviço de Ativação por Volume, hospedado em um servidor da própria Microsoft. Quando você faz o download de um programa que diz ativar a licença sem pagar por ela, na maioria das vezes eles simulam um servidor de licença falso no seu computador e induz os produtos a ativá-lo. Ao instalar estes ativadores muitas vezes é criada uma tarefa para renová-la automaticamente.

Mas por que não os utilizar? Existe risco?

Sim! Primeiro, ao fazer isso, você pode estar cometendo um crime, pois a Lei 9.609/98 estabelece que “a violação de direitos autorais de programas de computador é crime, punível com pena de detenção de sei meses a quatro anos e multa, além de ser passível de ação cível indenizatória.”
Só esse motivo já é muito válido para não recorrer a esse tipo de programa.
Além disso, o uso destas ferramentas pode colocar seu computador em risco, visto que esses programas precisam de permissão total ao seu computador e ao executá-lo você pode ser exposto a várias ameaças.
Muitos destes ativadores trazem consigo malwares, backdoors, redirecionadores de sites, códigos maliciosos para alterar as configurações de segurança do seu computador e outras ameaças que podem permitir que invasores acessem o sistema e os seus dados.
Assim, mesmo que seja tentador usar essas ferramentas para economizar dinheiro, a perda financeira resultante de roubo de identidade ou de dados pode ser muito mais cara do que o valor a ser pago para comprar uma licença legal da Microsoft ou outro fornecedor.
Sendo assim, procure sempre adquirir softwares licenciados direto no site do fabricante ou encontre uma revenda confiável.

E não se esqueça: para evitar essas e outras ameaças, conte sempre com uma solução de antivírus e a mantenha sempre atualizada!

Por: Johnatan Borges de Paula
Especialista em Tecnologia da Zillion

Recentemente, Protega e Zillion se uniram e, a partir de agora, as empresas expandem suas operações dos escritórios de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte e Nova York para Uberlândia e Goiânia, além de outras cidades que já eram atendidas pela Zillion.

SAIBA MAIS SOBRE A FUSÃO ENTRE PROTEGA E ZILLION

Autor

Protega

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − três =