Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

engitech@oceanthemes.net

+1 -800-456-478-23

Dicas de TI

6 ferramentas de segurança da informação que sua empresa precisa ter ou contratar.

A integração da tecnologia aos processos modernos fez com que várias empresas ficassem expostas a problemas de segurança. Sem uma política capaz de isolar problemas, rastrear vulnerabilidades e controlar o acesso a recursos, malwares passam a ter mais facilidade para invadir sistemas e permitir a captura de dados corporativos.

Diante disso, gestores devem investir em ferramentas que possam tornar o ambiente digital mais seguro. Possuir uma política de segurança digital é indispensável para que empresas não tenham prejuízos financeiros e judiciais relacionados ao comprometimento de seus sistemas. Além disso, existem programas que melhoram a produtividade, otimizando o tempo e gerando mais lucro. Nesse sentido, a empresa pode investir em ferramentas de segurança da informação e, assim, tornar a sua infraestrutura mais confiável.

Se você está em dúvida sobre quais são as opções mais recomendadas, veja a nossa lista abaixo!

1. Uso de firewall

O investimento em tecnologias de computação na nuvem, assim como a migração de várias rotinas para sistemas que estão integrados à web, aumenta a necessidade de empresas possuírem conexões de rede com alto padrão de funcionamento. Nesse cenário, as companhias devem buscar técnicas e soluções que permitam a otimização constante da sua infraestrutura.

Nesse sentido, um dos investimentos mais recomendados é o firewall. Ele monitora as requisições continuamente para identificar conexões inseguras e outras atividades que possam ser um sinal de ataque ou comprometimento da segurança de um usuário. Por meio de regras, o gestor pode configurar bloqueios automáticos, aumentando a confiabilidade da rede corporativa. Somado a isso, o uso de firewall permite o trabalho remoto, o que ajuda na produtividade da sua empresa.

2. Softwares de monitoramento

Assim como o firewall, esses softwares fazem o rastreamento constante da infraestrutura de serviços digitais de uma empresa em busca de vulnerabilidades de segurança, o que permite a identificação ágil de falhas e malwares que possam impactar negativamente no fluxo de trabalho. Existem opções que fazem a varredura de forma rápida e ocupando pouco espaço de memória, o que, consequentemente, não atrapalha no funcionamento das máquinas.

3. Treinamento de funcionários

A maioria das falhas de segurança ocorre com a interação de um usuário. Diante desse cenário, gestores devem treinar os seus funcionários para incentivar o uso de boas práticas de segurança. Isso envolve – mas não se limita a – cursos que mostrem a importância de um comportamento preventivo na rede.

Entre as práticas que podem ser incentivadas, podemos destacar:

  • uso de senhas complexas;
  • adoção de sistemas de autenticação de dois passos sempre que possível;
  • evitar o acesso a sites desconhecidos;
  • sempre optar por conexões HTTPs;
  • não conectar unidades externas aos computadores corporativos.

4. Sistemas de controle de acesso

As empresas podem implementar políticas que reduzem o acesso de usuários aos recursos internos. Com isso, a companhia consegue garantir que todos aqueles que se conectam aos seus sistemas internos tenham acesso aos dados corretos.

5. Protocolos de segurança e criptografia

Em empresas que dependem da internet para as suas atividades ou possuem rotinas de trabalho mais flexíveis, os protocolos de segurança digital e a criptografia devem ser vistas como investimentos estratégicos. Para as comunicações com servidores de cloud computing e acesso remoto a rede corporativa, a empresa pode implementar protocolos de comunicação em conexões seguras. Assim, será criado um “túnel” que impede a captura dos dados. Da mesma forma, as ferramentas de criptografia podem ser implementadas para prevenir o roubo de dados e o acesso não autorizado às informações internas.

6. Backup inteligente

A quantidade de informações produzidas diariamente por qualquer empresa é muito grande, por isso, para protegê-las, a melhor opção é realizar backups. Além de se prevenir, sua empresa terá fácil acesso a qualquer informação, ajudando na produtividade. Existem opções para pequenas e médicas empresas que geram relatórios específicos e informam constantemente o status do backup.

As ferramentas de segurança da informação são indispensáveis para que sua empresa consiga gerir o conteúdo que produz de forma eficiente, mantendo a produtividade e garantindo a qualidade do serviço oferecido. Soluções de todos os tipos estão disponíveis para pequenas e médias empresas e são mais simples do que você imagina.

E não deve faltar uma política de GRC ( Gestão de Risco e Compliance )

Independente do tamanho da sua empresa você precisa de politica de GRC, pois um ataque hacker, uma perda de dados por roubo de equipamentos, incêndios, falhas de hardware, vírus,  entre outros pode acontecer a qualquer momento, e na politica de GRC você  e sua equipe saberão como agir, quem deve ser contatado, quais os dados estavam naqueles equipamentos, qual o impacto na sua organização e nos seus clientes. Lembre que agora temos a LGPD e ela é valida para todos. As politicas e o GRC também serão mais rígidas, complexas e extensas dependendo do tamanho da organização e da sua dependência da tecnologia.

Se todas estas orientações parecem complexas, demandam muita energia sua e do seu time, que tal contar com os serviços profissionais da Protega Security Consulting na construção da sua politica de GRC, na implementação de serviços gerenciados de segurança entre outras camadas de segurança para manter os seus dados seguros, disponíveis e dentro do seu orçamento?

Entre em contato

Recentemente, Protega e Zillion se uniram e, a partir de agora, as empresas expandem suas operações dos escritórios de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte e Nova York para Uberlândia e Goiânia, além de outras cidades que já eram atendidas pela Zillion.

SAIBA MAIS SOBRE A FUSÃO ENTRE PROTEGA E ZILLION

Autor

Protega

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × três =